SLIDER

Frases e trechos de Tudo e todas as coisas

O livro Tudo e todas as coisas foi o escolhido para ser a segunda leitura do projeto #4amigaseumlivroviajante. Eu já o li, no momento a obra está com a Isa do blog Isa louca por livros, e preciso dizer que adorei cada página, exceto um pouquinho do final. Porém, isso é papo para a resenha que deve sair em breve por aqui.


"Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou.

Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre."

O livro da autora Nicola Yoon narra a trajetória de uma garota chamada Madeline Whittier, de 18 anos, que desde os quatro meses de vida não sai de casa por ter uma rara doença, um tipo de alergia que a impede de ter contato com o mundo, fazendo com que várias outras alergias surjam levando a pessoa até a morte. Dentro do quarto em que ela vive está tudo o que ela conhece. Ela só tem contato com a mãe e uma enfermeira, até que um dia conhece Olly. Será que vale a pena colocar a própria vida em risco por um grande e recente amor?

Tudo e todas as coisas, de Nicola Yoon | Romance e drama | 304 páginas | Editora Novo Conceito

A história é emocionante, possui um certo suspense ao redor da doença da garota e claro, um quê de romance. Mas, o que eu trouxe para a postagem de hoje foram alguns dos muitos trechos que destaquei ao longo da leitura. Espero que vocês gostem e os deixem ainda mais curiosos pelo livro.

“Eu era feliz antes de conhecê-lo. Mas agora estou viva. São coisas diferentes”.

“De acordo com a teoria do Big Bang, o universo surgiu em um único instante – um cataclismo cósmico que deu origem aos buracos negros, às anãs marrons, à matéria escura, à energia e à energia escura. Ele deu origem às galáxias, às estrelas, às luas, aos sóis, aos planetas e aos oceanos. É um conceito difícil de ser compreendido – a ideia de que houve um tempo anterior à nossa existência. Um tempo antes do tempo. No início, não havia nada. E então, de repente, havia tudo”.

“De uma coisa eu tenho certeza: a vontade só leva a mais vontades. Não há limites para o desejo”.

“Vejo os retângulos de luz do sol que deslizam pelas persianas e abrem caminho pelo quarto ao longo do dia. Dá para marcar o tempo só por meio deles. Quanto mais eu tento deixar o mundo do lado de fora, ele parece cada vez mais determinado a entrar”.

“Um universo que pode ser criado com um piscar de olhos também pode ser destruído com o mesmo movimento”.

“Eu já li muitos, muitos livros que falavam sobre pessoas que sofriam por amor. Nenhum deles descreviam essa dor como sendo algo que pudesse ser sentido com pouca intensidade. Eles a citavam como sendo uma coisa que despedaçava sua alma e destruía o seu mundo. Não como algo que poderia ser sentido de forma branda”.

“Você já tem muitas coisas pata temer. O amor não vai te matar”.

Para finalizar, me conte se vocês gostam e possuem o hábito de marcar seus trechos favoritos. Gostaram das minhas escolhas? Até a próxima postagem!
Tecnologia do Blogger.
© Páginas incríveis • Theme by Maira G.