Feios, de Scott Westerfeld

Feios aborda um novo mundo. Possui um cenário totalmente futurista, com novas tecnologias e suas consequências. Com uma história repleta de aventuras e reviravoltas, é difícil deixar as páginas de lado. Quando você percebe, está torcendo pelos personagens.

“Tinha passado os últimos quatro anos observando Nova Perfeição, desejando com todas as forças atravessar o rio e nunca mais voltar. Aquela provavelmente havia sido a motivação para sair tantas vezes pela janela, aprender os truques necessários para chegar mais perto dos perfeitos, espiar a vida que um dia seria a sua”.

Título: Feios
Autor: Scott Westerfeld
Gênero: Distopia
Páginas: 416
Editora: Galera Record
Avaliação: 

*Livro lido pelo programa Kindle Unlimited

A humanidade já não é mais a mesma. A sociedade mudou e o mundo como conhecemos também. Nossa civilização quase foi extinta após um vírus presente no petróleo. Sobraram poucos grupos e estes foram os responsáveis por fazerem o futuro.

Eles vivem em cidades futurísticas, isolados e rodeados pelas ruínas. Há também novas leis que visam trazer mais equilíbrio e igualdade para a população. Todos os jovens, aos dezesseis anos, passam por uma cirurgia para tornarem-se perfeitos e saírem do estereótipo feio, além de poderem mudar para uma cidade desenvolvida e recheada por riqueza.

Todo adolescente sonha com o dia que será perfeito e com Tally Youngbloof não é diferente. Mas, o que ela não esperava era conhecer Shay e como a amiga poderia mudar todos os seus planos. A garota tem conhecimento de diversos rumores a cerca de um grupo que se intitula Esfumaçados que vive nas florestas e são totalmente contra ao processo de cirurgias plásticas.

Tally se vê envolvida em toda essa situação e não sabe dizer o que realmente quer. Ser perfeita ou feia para sempre? Vale arriscar a sua vida pela causa? Sua escolha mudará a sua vida para sempre.
O autor possui uma narrativa muito envolvente e diversos fatos são revelados ao longo da trama e tudo isso faz com que o leitor fique ainda mais preso à história. Tally é de longe a personagem que mais muda ao longo das páginas e isso é simplesmente ótimo.

A obra basicamente aborda as loucuras que a sociedade é capaz de realizar e como a mesma passa a considerá-las normais. Já li o segundo volume da série e posso garantir que é ainda melhor que o primeiro. Em breve resenha por aqui.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.