SLIDER

O mar infinito, de Rick Yancey

Me senti na obrigação de começar a leitura desta obra logo após terminar A 5ª Onda. Sim, eu precisava da continuação! De longe ambos os livros estão na minha lista de melhores do ano, pois estou totalmente envolvida, apreensiva e apaixonada com os personagens.

“Primeiro, eles nos ensinaram a não confiar neles – ele sussurra. – Depois, ensinaram a não confiar um no outro. Agora, estão nos ensinando que não podemos nem mesmo confiar em nós mesmos.”

Título: O mar infinito
Autor: Rick Yancey
Gênero: Ficção científica
Páginas: 248
Editora: Fundamento
Avaliação

Depois de Cassie e seus amigos fugirem da explosão no campo Ashpit e se abrigaram em um hotel abandonado, chegou a hora de tomar uma decisão. Com a 5° onda encobrindo a Terra e a raça humana quase que totalmente exterminada, os garotos devem escolher entre encarar um gelado inverno e esperar pela volta de Evan Walker ou partir a procura de um abrigo melhor, antes que o inimigo os alcance.

Ao procurar suas melhores alternativas, o grupo também acaba descobrindo que os Outros estão utilizando armas cada vez mais cruéis com o intuito de acabar o que começaram ainda na primeira onda. O grupo formado pela protagonista, seu irmão, Ben Parish, Pão e ló, Especialista e Teacup e Dumbo, está totalmente perdido, alguns estão feridos e Cassie só quer ter a certeza que Evan está bem, vivo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Enquanto isso, Zumbi reluta com toda a sua raiva e confesso, fica insuportável nos primeiros capítulos da obra. Esp, vendo que esperar e não fazer nada não é lá uma boa opção, resolve sair à procura de um local melhor para todos. Mas, será que arriscar um desencontro futuro faz valer a pena a procura?

Em “O mar infinito” descobrimos diversas respostas que ficaram soltas no volume anterior. Quem realmente são os Outros e o que eles querem? O autor também explorou mais a história e os personagens, fazendo com que o amadurecimento deles fosse visível.

Com uma narração em primeira e terceira pessoa, ao mesmo tempo, e com capítulos intercalados entre os personagens, é possível diferenciar quem está narrando o que mais facilmente. Rick Yancey continua apresentando diversas perspectivas de um mesmo ponto, e isso para mim é o que enriquece ainda mais a obra, fazendo com que eu a indique sempre que possível.

Encontro-me totalmente ansiosa para com o próximo volume, intitulado “A última estrela”.
Tecnologia do Blogger.
© Páginas incríveis • Theme by Maira G.