A 5° onda, de Rick Yancey

Por onde devo começar esta resenha? Dizendo como fiquei apaixonada com a escrita do autor ou o fato de a trama reunir todos os ingredientes que ao meu ver são essenciais para um bom livro? Eu estou simplesmente encantada com todas as páginas da obra, como fiquei envolvida com os personagens e me vi, diversas vezes, dentro do enrendo. São essas sensações que uma boa trama deve despertar no leitor e A 5° onda fez seu papel direitinho.

“Talvez eu seja a última, mas sou a última que ainda está de pé. Eu sou a que vou mostrar o rosto para o caçador sem rosto na floresta junto a uma rodovia abandonada. Eu sou aquela que não vai fugir, não vai ficar, mas vai enfrentar.  Porque, se eu for a última, então eu sou a Humanidade. E se essa for a última guerra da Humanidade, então eu sou o campo de batalha.

Título: A 5° onda
Autor: Rick Yancey
Gênero: Ficção científica
Páginas: 368
Editora: Fundamento
Avaliação: 
*(favorito)

Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Imagine o mundo sem toda a sua tecnologia. Lampadas, televisores, celulares, automóveis, tudo o que você imaginar apagou. Um blackout geral. A segunda onda não trouxe apenas diversos tsunamis para as áreas litorâneas, mas também o pânico, violência e a corrida pela sobrevivência. Somente os que tiveram sorte sobreviveram até então. Já o terceiro ataque, a terceira onda, foi uma peste, a doença carregada pelos pássaros. A quarta trouxe consigo um ensinamento: não confie em ninguém. E agora, o que devemos esperar dA Quinta onda? Ela está começando.

Alienígenas como estamos acostumados a ver em filmes, verdes e com peles gelatinosas, são motivos de extrema piada. Por quê? Simples, ninguém sabe a verdadeira aparência dos Outros, como são chamados. Não houve contato, muito menos aparições. Em um dia como outro qualquer o seu veículo, lê-se nave mãe, pairou no ar, em um ponto totalmente estratégico para que todos pudessem ver e se questionar o que era aquilo. Qual o seu objetivo? Exterminar, torturar, ou colonizar? Pouco se sabe.

O livro é narrado pelo ponto de vista de diversos personagens, mas eu confesso, o mais marcante, aquele que você espera capítulo após capítulo, é o de Cassie. Além de ter um nome nada comum - Cassie não é apelido de Cassandra e sim de Cassiopeia, a constelação -, ela também vive algo totalmente inesperado, sobrevive a todas as ondas que atingiram o mundo até então. Para você ter uma noção de tamanha sorte, 97% dos seres humanos não estão mais presentes.

A garota presenciou a chegada, o blackout, as ondas, a peste e literalmente a queda da sociedade como conhecemos. Foi na terceira onda que Cassie perdeu a mãe, deixando-a responsável por cuidar do emocional de seu pai e irmão, Sammy. Como nem tudo são flores, a quarta onda chega durante a procura por um porto seguro e ela se vê sozinha, escondida na escuridão da floresta, sem poder confiar em ninguém. Sua única certeza: precisa encontrar Sammy o mais rápido possível.

Em uma realidade onde a regra é matar e só depois questionar, qualquer pessoa é suspeita. Isso é o que Cassie acredita até encontrar Evan Walker, que após salvar sua vida se oferece para ir em busca de seu irmão. Mas, será que ela pode confiar nele?

Entre os capítulos alternados também temos Zumbi. Ele está morrendo pela praga e ao ser raptado é totalmente curado. Mas, como isso é possível? O garoto foi levado para um quartel general, onde as crianças e adolescentes são treinados para lutar neste novo lugar que é a Terra. E é basicamente isto que vemos em suas histórias, um  esquadrão formado por crianças descobrindo os segredos da guerra. Como isso pode ter ligação com Cassie? Ah, você verá!

Tal divisão foi essencial e nos deixa ainda mais presos a história. Este poderia ter sido um ponto negativo? Não aqui. Os pontos de vista diferentes agregam ainda mais curiosidade ao longo das páginas, tornando os Outros um mistério cada vez maior. Assim como os personagens, o leitor não consegue confiar em ninguém e a única conclusão a ser tomada é: nada é o que parece.

Rick Yancey escreveu o livro de forma magnífica. Todas as descrições são ótimas, há cenas de humor nos pontos e em doses corretas, criou personagens cativantes, os momentos de tensão realmente são tensos, e ainda há uma pitada de romance, também na medida certa. Ficou impossível não ler rapidamente e desejando logo o final.

Mesmo assistindo ao filme primeiro a história não perdeu seu encanto e como em qualquer adaptação, há diversos pontos diferentes. A obra está super recomendada por mim para todos aqueles que gostam de uma ótima aventura. E eu garanto, a sua sequência também está de perder o fôlego.

12 comentários

  1. Oie!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas estou bem curiosa para conferir. Já recebi várias indicações sobre essa história, que sempre me deixaram curiosa. Preciso colocar ele aqui na pilha e fazer a leitura. Acredito que vou gostar.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  2. Eu estou louca para ler esse livro e tenho certeza que eu vou adorar. Eu quero ver o filme também mas tenho que ler o livro primeiro, acho que dessa maneira eu me envolvo mais com a leitura.

    ResponderExcluir
  3. Comecei a ver o filme e dormi... rs
    Mas não desisti e vou tentar conhecer a história pelo livro que pela sua resenha, me pareceu muito interessante. Fiquei curiosa.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiii!!!

    Não sou fã desse tipo de obra, mas gosto muito de ler as Resenha!!!
    Fiquei feliz em saber que foi uma boa leitura e que o filme não tirou o brilho da obra.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. já ouvi falar do livro e do filme, embora não tenha visto nenhum.
    Não gosto muito de ficção científica, ET's, naves espaciais, outros planetas.... então tudo quem tem alguma dessas coisas eu acabo não lendo oiu não vendo.
    Mas meu marido com certeza vai curtir bastante!
    Vou tentar ver o filme primeiro com ele e quem sabe mudar um pouco e arriscar essa leitura?
    Já que sua resenha foi tão possitiva, custa nada tentar não é mesmo? :D
    parabéns pela resenha e obrigado pela dica!
    beijinho!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Apesar das críticas super positivas, não é um livro que eu tenha vontade de ver, mesmo com o filme, que foi super bem falado pela crítica. Adorei sua resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Eu quase vi o filme outro dia, mas resolvi esperar porque quero muito ler esse livro e fiquei com medo da leitura perder a graça caso eu já soubesse o que ia acontecer... Mas achei bacana saber que você viu o filme primeiro e mesmo assim fez uma leitura incrível!!
    Me deixou ainda mais animada!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Não curto histórias com alienígenas (só gostei de Obsidiana), e apesar de todos os elogios eu não consigo ter contade de ler A 5ª Onda.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Heiii, tudo bem?
    Ouvi mto falar do livro na epoca que lancou o filme e achei bem interessante a premissa.
    Sempre fico bem ansiosa pra saber o final de livros onde tem mtas tragedias, pq nao consigo imaginar como seria a solução pra isso tudo.
    Adorei os pontos que ressaltou sobre a história e vou tentar ler antes de assistir o filme.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  10. Olá!!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, talvez porque não leio muito ficção cientifica, mas fiquei muito curiosa para ler, vou procurar! Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem?!? Está aí uma obra de ficção que gostei muito. Achei o trabalgo do Yancey muito possível de acontecer e isso me deixa sempre empolgada duante a leitura, pensar como seria se essa realidade fosse a nossa?? Dá o que pensar né?!
    Apesar de não terem gostado muito, até a adaptação me agradou!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.