Tamanho 44 Também Não é Gorda, de Meg Cabot

Após terminar o primeiro volume da série já fui correndo iniciar o segundo. Tamanho 44 Também Não é Gorda continua com o mesmo tom divertido e situações engraçadíssimas como o seu antecessor. Heather Wells está de volta, ainda mais apaixonada pelo detetive Cooper, e promete se envolver em mais uma investigação e muitas confusões. 


"Não há a menor chance de eu anunciar, na frente de toda essa gente, que Lindsay Combs, rainha do baile de volta às aulas e (agora não mais) futura colega de quarto de sua melhor amiga, Cheryl Haebig, aparentemente tenha sido decapitada por uma pessoa ou por pessoas desconhecidas, e a cabeça dela tenha sido deixada em uma panela no fogão do refeitório do Conjunto Fisher".

Título: Tamanho 44 também não é gorda
Autora: Meg Cabot
Páginas: 415
Editora: Galera Record

As férias acabaram, ela ganhou uns quilinhos a mais e suas roupas estão ficando justas, mas Heather tem certeza que isto é só uma fase. Tudo está tranquilo em seu trabalho, até que uma nova morte acontece no agora apelidado Alojamento da Morte. A cabeça de uma líder de torcida é encontrada na cozinha do refeitório, dentro de uma panela. Wells mais uma vez se vê em uma cena de crime, e se pergunta, onde foi parar o corpo de Lindsay?

Desta vez, muito bem avisada pelo inspetor Canavan, ela está decidida a não interferir nas investigações. Mas, será mesmo que conseguirá? Os funcionários e alunos do alojamento da faculdade de New York estão correndo perigo? E é quando nossa melhor investigadora começa a conversar com alunos, frequentar festas, fazer perguntas a traficantes, acaba descobrindo algumas pistas que podem solucionar o caso. Sem o apoio da polícia, decide agir sozinha.

Os personagens secundários continuam maravilhosos e aparecem aos montes neste livro. A participação de Gavin McGoren, aluno de cinema que além de ajudá-la também começa a gostar dela, esta ganhando cada vez mais destaque. Temos também Jordan, que está de casamento marcado e quer porque quer que Heather vá ao casamento. Tom, seu novo chefe é extremamente fofo e um super amigo. E Reggie, o traficante de drogas local. Ambos tem diálogos divertidíssimos.

Este livro é ainda mais engraçado que o primeiro. O problema em relação a escrita que muitos reclamaram, o uso abusivo de parenteses, foi resolvido. E é impossível não torcer ainda mais por nossa cantora e Cooper, juntos! A protagonista continua sendo confundida com uma ex cantora pop adolescente de sucesso, ou seja ela mesmo. 

Wells passa por boas e poucas nesta edição, e sinceramente? Merecia um prêmio. O final é surpreendente e deixa com um gostinho de quero muito mais.

2 comentários

  1. Sempre tive curiosidade de ler algum livro da Meg Cabot, mas nunca tive a oportunidade, mas esses títulos me chamam bastante a atenção, depois da sua resenha então, agora que quero ler mesmo hehe
    Nem preciso dizer que amei, né? Estou amando te acompanhar aqui também!! <3<3
    Um beijão, Ju!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que legal Emily, isso me deixa muito feliz. Eu também sempre tive vontade de ler os livros da autora, mas confesso que sempre os achei caro. Valeu muito a pena, pois são livros que com certeza irei reler futuramente. Assim que você tiver oportunidade, leia! Sei que irá adorar.

      Obrigada pelo carinho e beijos <3

      Excluir

Tecnologia do Blogger.